powered by Typeform

VC#25 Viajando para o Alabama



Pri no Alabama
No episódio dessa semana conversamos com a Priscila Carneiro, que conheceu alguns amigos americanos por meio do ministério Footprints, os quais ela teve a oportunidade de visitar ao viajar para lá.

Acho que a primeira coisa legal de saber é que a Pri, depois de terminar o curso de inglês, acabou indo participar do ministério do Footprints, onde teve a oportunidade de traduzir o que os americanos que estavam aqui no Brasil tinham para compartilhar com as famílias. 
Ela disse que uma das experiências mais marcantes para ela no Footprints foi a primeira tradução que ela fez, na qual o amigo brasileiro dela a pediu para ficar encarregada da tradução e, apesar do nervosismo dela, a deixou conduzir toda a tradução sem se envolver para dar dicas de tradução. Isso a ajudou a ter mais desenvoltura. Além do ganho para o inglês, foi nessa viagem missionária que a Pri decidiu que queria servir em tempo integral com a sua formação profissional em farmácia.

Mas, voltando à sua viagem para os Estados Unidos, a Pri combinou de ir para a casa de uma família do Alabama que ela conheceu no Footprints. A experiência de conseguir o visto para ir foi tranquila e ela teve suporte dos seus amigos americanos, apesar de ser sua primeira viagem de avião!

O que ela não contava era com o atraso de seu primeiro voo, o que fez com que ela perdesse o voo. Uma história parecida com a da Camila Vieira que também foi para os Estados Unidos e compartilhou sua história no 23º episódio. Pois bem, apesar do nervosismo, de suas malas terem ido para o Alabama antes dela e tudo mais, ela chegou sã e salva.

Depois disso, como ela mesma conta, a viagem foi mil maravilhas. Inclusive a Pri compartilha a importância da gratidão pelo que nós temos. Durante a viagem, ela ficou impressionada com como foi bem recebida por sua família americana e nem mesmo sentiu falta da comida brasileira! Isso fez com que ela sentisse que queria ficar por lá e que a vida era de certo modo melhor. Mas refletindo sobre o assunto, ela comenta sobre como às vezes achamos que a grama do vizinho é mais verde, enquanto deveríamos ser gratos pelas bençãos cotidianas que recebemos.
Escola no Alabama
Lá nos Alabama, com os -13º, ela viu pela primeira vez a neve e se divertiu muito! Ainda teve a oportunidade de compartilhar em algumas escolas curiosidades sobre o Brasil - inclusive que não falamos Espanhol, mas sim Português. A igreja que ela frequentava por lá oferecia reforço escolar em um abrigo de meninos municipal e ela teve a oportunidade de ajudar lá também.

Quais as principais dicas da Pri?

  1. Não tenha medo de falar outra língua! As pessoas sabem que você é estrangeiro e vão ser tolerantes com erros e sotaque!
  2. Se disponha a fazer o chamado de Deus para você. É Ele quem nos capacita

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VC#32 Expatriada em Vancouver

VC#23 Trabalhando no Worldpackers e sendo Au Pair